Fim de Partida | Foto: Divulgacao
Fim de Partida | Foto: Divulgacao

Ator, dramaturgo e diretor japonês radicado em Paris, Yoshi Oida compôs, ao longo dos anos, o grupo teatral encabeçado pelo diretor inglês Peter Brook. Aos 86 anos de idade, o profissional usará da experiência que angariou ao lado do clássico diretor para encenar Fim de Partida, clássico texto escrito em 1957 pelo dramaturgo irlandês Samuel Beckett.

O espetáculo, idealizado por Oida com o ator e diretor Matteo Bonfitto, chega ao Sesc Ipiranga no dia 20 de setembro, sexta-feira. Com elenco formado por Rodrigo Pocidônio, Milton de Andrade e Suia Legaspe, além do próprio Bonfitto, o espetáculo marca os 30 anos da morte de Beckett. A obra retrata a relação tóxica de uma família.

Fim de Partida fica em cartaz até o dia 20 de outubro, de sexta-feira a domingo, com sessões às 21h (sextas e sábados) e às 18h (domingo). Os ingressos custam de R$ 15,00 (meia) a R$ 30,00 (inteira). Credenciados na rede Sesc pagam apenas R$ 9,00.