Chernobyl | Foto: Guy Pichard
Chernobyl | Foto: Guy Pichard

Após concorrida temporada na Sala Beta do Sesc Consolação, o espetáculo Chernobyl, da dramaturga francesa Florence Valéro, com excertos do livro Vozes de Tchernóbil – A História Oral Do Desastre Nuclear, da ucraniana Nobel de Literatura Svetlana Alexijevich, reestreia a partir de 05 de dezembro, quinta-feira, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bom Retiro, zona central da capital.

Sob a direção de Bruno Perillo e com elenco formado por Carolina Haddad, Joana Dória, Manuela Affonso e Nicole Cordery, o espetáculo ficará em cartaz em curta temporada até o dia 21 de dezembro, de quinta-feira a sábado, com sessões às 20h (quintas e sextas-feiras) e às 18h (sábados).

A obra narra a história de uma família obrigada a deixar sua casa e cidade após o desastre nuclear causado pela explosão que destruiu um dos reatores da cidade de Chernobyl, pequena cidade próxima a Pripyat, na Ucrânia. Acompanhando a trajetória de uma mãe e dois filhos, o espetáculo põe em cheque a responsabilidade da ganância frente aos desastres ao redor do mundo.

A temporada é gratuita e os ingressos podem ser retirados com uma hora de antecedência antes de cada sessão.