Pretoperitamar O Caminho que vai dar Aqui | Foto: Divulgacao
Pretoperitamar O Caminho que vai dar Aqui | Foto: Divulgacao

Compositor que fez a revolução na música paulistana dentro do movimento da Vanguarda Paulista, o nego dito Itamar Assumpção terá sua vida contada num musical a partir do dia 28 de novembro, quinta-feira, no Teatro do Sesc Pompéia, na zona oeste da capital paulistana.

Contudo, fazendo jus a obra deste compositor iconoclasta, o musical foge aos moldes dos encenados no Brasil desde a popularização do teatro musical nos moldes Broadway. Com o conceito de opereta, Pretoperitamar – O Caminho que vai dar Aqui usará poemas, músicas e letras do compositor para falar de passagens de sua vida e carreira entre 2970 e 2000, pouco antes de sua morte, em 2003, vítima de um câncer intestinal.

Com texto de Ana Maria Gonçalves e Grace Passô (multi artista mineira que também assina a direção), o elenco é formado pelos atores Allyson Amaral, Claudia Missura, Denise Assunção, Fabrício Boliveira e pelos cantores Iara Rennó, Negro Leo, Tulipa Ruiz e a indicada ao Grammy Thalma de Freitas, além das participações especiais de Arrigo Barnabé, Leda Maria Martins, Zena Assumpção e Zora Zantos.

O espetáculo fica em cartaz até o dia 19 de janeiro, com sessões de quinta-feira a domingo, às 21h (quinta a sábado) e às 19h (domingos). Os ingressos custam de R$ 20,00 (meia) a R$ 40,00 (inteira). Credenciados na rede Sesc pagam apenas R$ 12,00.


Entre as canções que comporão o espetáculo, estão temas como Mal Menor, Tua Boca, Enquanto Penso Nela, Leonor, Noite Torta, entre outros temas que fizeram do compositor um dos mais importantes da música popular moderna no Brasil.