Milton Gonçalves e Paulo Betti | Foto: Reprodução
Milton Gonçalves e Paulo Betti | Foto: Reprodução

Ator atualmente no ar na novela Órfãos da Terra, Paulo Betti viu seu nome estampar as manchetes de jornais nos últimos dias graças a um processo e uma acusação de racismo vinda dos atores Milton Gonçalves e Jorge Coutinho. Betti faz parte da chapa que disputa com os atores a presidência do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (SATED-RJ).

Na tarde desta terça-feira as atrizes Julia Lemmertz e Deborah Evelyn divulgaram uma nota em suas redes sociais na qual atribuem a acusação de racismo  uma “manobra eleitoreira” da chapa encabeçada por Milton Gonçalves e Jorge Coutinho, candidatos a 5ª reeleição a presidência.

A nota aponta que a Chapa 1 – União e Determinação –  presidida por Gonçalves e Coutinho já tentou impugnar a candidatura da Chapa 2 – Renovação e Transparência – que, além de Betti, conta ainda com as atrizes Julia Lemmertz e Deborah Evelyn e Zezé Polessa, e do ator Tonico Pereira.

A eleição acontecerá entre os dias 29 de junho e 01 de julho. Na acusação, um print de um grupo do whatsapp chamado Profissão Artista traz a seguinte frase atribuída a Betti e escrita em 16 de abril: “”A atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas. Daí a importância de conversarmos.”

O ator Giuseppe Oristiano também saiu em defesa do colega em post em seu instagram no qual diz que “Paulo demonstrou enorme respeito em relação ao Milton e a todos os membros que hoje ocupa o Sindicato dos Artistas”. E contextualizou “Como Paulo trabalha por uma chapa de oposição a atual diretoria, disse que era importante pensar em como fazer essa oposição exatamente porque era difícil se opor a gente como o Milton e dona Ruth de Souza que também faz parte da chapa (…)”.


Reprodução de post do perfil oficial de Giuseppe Oristiano no Instagram

Com advogados já acionados, Betti pretende apresentar sua defesa nos próximos dias. A reportagem apurou que a Chapa 1 pretende voltar a pedir a impugnação da candidatura da Chapa 2 também nos próximos dias.

Confira abaixo a nota na íntegra e o post da atrize Deborah Evelyn

TODO O APOIO AO GRANDE ARTISTA PAULO BETTI.

NÃO CAIA EM FAKE NEWS.

NUNCA FOI SOBRE RACISMO.

A Chapa 2 – Renovação e Transparência vem prestar toda solidariedade ao companheiro @paulobetti que tem sido injusta e ostensivamente acusado de racismo, fascismo e nazismo em redes sociais pelo Sr. Jorge Coutinho, candidato à 5ª reeleição para a presidência do SATED RJ.

Para não nos deixarmos enganar, precisamos nos informar e refletir.

Precisamos saber, por exemplo: – que a acusação é baseada em interpretação distorcida e equivocada de uma frase em que Paulo Betti elogia os companheiros Milton Gonçalves e Cosme dos Santos;

– que nenhum juiz jamais recebeu nenhuma denúncia contra Paulo Betti, mas apenas um pedido de interpelação impetrado pelos senhores Jorge Coutinho e Milton Gonçalves;

– que os Srs. Jorge Coutinho e Milton Gonçalves, há cerca de 20 anos na diretoria do Sated RJ, integram a Chapa 1, pela qual Sr. Coutinho é candidato à 5ª reeleição à presidência da entidade;

– que Paulo Betti integra, com outros 23 colegas, a chapa concorrente, Chapa 2 – Renovação e Transparência, sendo portanto, neste contexto, um adversário eleitoral dos Srs. Milton Gonçalves e Jorge Coutinho;

– Que a atual direção do SATED (Chapa 1) tentou pedir o indeferimento da candidatura da Chapa 2 – Renovação e Transparência, mas a manobra não obteve sucesso, e culminou na volta da Chapa 2 ao processo eleitoral após determinação liminar da 81ª Vara da Justiça do Trabalho.

Diante desse histórico, lamentamos que uma questão tão grave e tão sensível à nossa população, como o racismo estrutural, entranhado em nossa sociedade, tenha sido usado levianamente a serviço de mais uma manobra eleitoreira que vem tentando a qualquer custo deslegitimar a chapa opositora.

Paulo Betti, cuja história de integridade e de luta democrática, desde a época da ditadura militar, é conhecida por todos, é artista e cidadão respeitado Brasil afora, e sua trajetória fala por si.

Não às calúnias.

Não aos atalhos desonestos.

Não às já desgastadas “fake news”. Um processo eleitoral legítimo só pode se dar num contexto de respeito, transparência e democracia.

CHAPA 2 – RENOVAÇÃO E TRANSPARÊNCIA


View this post on Instagram

TODO O APOIO AO GRANDE ARTISTA PAULO BETTI. NÃO CAIA EM FAKE NEWS. NUNCA FOI SOBRE RACISMO. A Chapa 2 – Renovação e Transparência vem prestar toda solidariedade ao companheiro @paulobetti que tem sido injusta e ostensivamente acusado de racismo, fascismo e nazismo em redes sociais pelo Sr. Jorge Coutinho, candidato à 5ª reeleição para a presidência do SATED RJ. Para não nos deixarmos enganar, precisamos nos informar e refletir. Precisamos saber, por exemplo: – que a acusação é baseada em interpretação distorcida e equivocada de uma frase em que Paulo Betti elogia os companheiros Milton Gonçalves e Cosme dos Santos; – que nenhum juiz jamais recebeu nenhuma denúncia contra Paulo Betti, mas apenas um pedido de interpelação impetrado pelos senhores Jorge Coutinho e Milton Gonçalves; – que os Srs. Jorge Coutinho e Milton Gonçalves, há cerca de 20 anos na diretoria do Sated RJ, integram a Chapa 1, pela qual Sr. Coutinho é candidato à 5ª reeleição à presidência da entidade; – que Paulo Betti integra, com outros 23 colegas, a chapa concorrente, Chapa 2 – Renovação e Transparência, sendo portanto, neste contexto, um adversário eleitoral dos Srs. Milton Gonçalves e Jorge Coutinho; – Que a atual direção do SATED (Chapa 1) tentou pedir o indeferimento da candidatura da Chapa 2 – Renovação e Transparência, mas a manobra não obteve sucesso, e culminou na volta da Chapa 2 ao processo eleitoral após determinação liminar da 81ª Vara da Justiça do Trabalho. Diante desse histórico, lamentamos que uma questão tão grave e tão sensível à nossa população, como o racismo estrutural, entranhado em nossa sociedade, tenha sido usado levianamente a serviço de mais uma manobra eleitoreira que vem tentando a qualquer custo deslegitimar a chapa opositora. Paulo Betti, cuja história de integridade e de luta democrática, desde a época da ditadura militar, é conhecida por todos, é artista e cidadão respeitado Brasil afora, e sua trajetória fala por si. Não às calúnias. Não aos atalhos desonestos. Não às já desgastadas “fake news”. Um processo eleitoral legítimo só pode se dar num contexto de respeito, transparência e democracia. CHAPA 2 – RENOVAÇÃO E TRANSPARÊNCIA #RenovaSated #Re

A post shared by Deborah Evelyn (@debevelyn) on

Reprodução de post no perfil oficial de Deborah Evelyn no Instagram