Dolores | Foto: Wilian Aguiar
Dolores | Foto: Wilian Aguiar

Um crossover no cenário teatral paulistano está prestes a acontecer. Ou mais ou menos. O diretor Dan Rosseto prestará uma homenagem ao também diretor e dramaturgo Marcelo Varzea e ao solo Dolores, escrito especialmente para a atriz Lara Córdulla.

Em seu espetáculo Manual para Dias Chuvosos, Rosseto incluiu, num rótulo de uma garrafa de vinho em cena, o nome do solo de Varzea. Esse é um dos pouco e raros casos de crossover no cenário do teatro paulistano.

Dolores fica em cartaz no Instituto Cultural Capobianco, no Centro da capital paulistana, até o dia 25 de setembro, com sessões as terças e quartas-feiras, sempre às 21h, e com ingressos de R$ 20,00 (meia) a R$ 40,00 (inteira). Já Manual Para Dias Chuvosos retorna aos palcos no dia 19 de setembro, após hiato de uma semana.

O espetáculo contará a adesão do ator Michel Waisman, que substitui Eduardo Pelizzari, que precisou deixar o elenco por causa de um acidente, quando quebrou o pé e precisou passar por uma operação. A previsão é de que o ator não retorne para esta temporada, que segue até o dia 25 de outubro na Giostri Livraria Teatro, com sessões as quintas e sextas-feiras, às 21h, com ingressos de R$ 30,00 (meia) a R$ 60,00 (inteira).