Fulvio Stefanini e Juca de Oliveira | Foto: Divulgacao
Fulvio Stefanini e Juca de Oliveira | Foto: Divulgacao

Ator que construiu obra sólida como dramaturgo ao longo de mais de 40 anos de carreira, Juca de Oliveira se prepara para encerrar um hiato de 12 anos e estreia, a partir do dia 05 de outubro, Mãos Limpas, comédia em que volta a abordar a temática do universo político que celebrizou comédias como o clássico Caixa Dois (1997). As informações são do blog do jornalista Dirceu Alves, no site da Veja São Paulo.

No espetáculo, Juca segue na linguagem vaudeville que o celebrizou com comédias anteriores, como Meno Male (1989), e promove a história de dois traficantes que vão se esconder em um apartamento desabitado que pertence a um senador, que o comprou para presentear sua assessora sem que a esposa saiba. Em paralelo, corre o fato de que há muito dinheiro escondido no imóvel.

Mãos Limpas estreia no dia 05 de outubro no Teatro Renaissance, e promove o reencontro em cena de Juca de Oliveira e Fúlvio Stefanini, atores que construíram sólida e profícua parceria entre as décadas de 1980 e 1990, com encenações com as supracitadas Caixa Dois, Meno Male e Procura-se um Tenor, do norte americano Ken Ludwig.

No elenco estarão ainda Nilton Bicudo, Cláudia Mello, Taumaturgo Ferreira e Bruna Miglioranza sob a direção de Léo Stefanini. Os ingressos custam de R$ 50,00 a R$ 120,00 e as sessões ocorrem de sexta a domingo, às 21h (sextas e sábados) e aos domingos (18h).