Roberto Alvim | Foto: Divulgação
Roberto Alvim | Foto: Divulgação

O Secretário da Cultura Roberto Alvim anunciou, na tarde desta quinta-feira, o aumento do teto de captação de recursos públicos via Lei Rouanet para espetáculos de teatro musical para R$ 10 milhões. O valor definido após reforma promovida pelo Ministério da Cidadania era de R$ 1 milhão, o que causou indignação do setor. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, Alvim se reuniu com produtores do setor para um almoço promovido por Paulo Skaf, e chegou ao consenso de aumento do teto. O Secretário pretende que a decisão seja publicada no Diário Oficial da União até o dia 20 de dezembro, mas, com toda a burocracia, a determinação deve passar a valer apenas em janeiro.
Alvim se encontrou com os produtores Fernando Altério, Marllos Silva, Renata Borges, Vinicius Munhoz, Fábio Oliveira, Edinho Rodrigues, Isabella Oliveira e Stephanie Mayorkis. Entre os títulos já produzidos pelo grupo, desde a retomada dos musicais, em 2001, estão títulos como A Pequena Sereia, Chicago, A Bela e a Fera, Zorro, O Homem de La Mancha, entre outros.